A mais bela, a mais pura e a mais duradoura glória literária de prosa da blogosfera

.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Parlamentos

Estimado leitor,

No glorioso dia de hoje depomos aos augustos pés de V. Exas. alguns episódios caricatos daquele que deveria ser o verdadeiro bastião da democracia - o local para onde se elegem os dignos representantes do Povo e que exercerão o poder em seu nome. Pois então é isto que significa o poder? Ora, queira o benévolo leitor visualizar:
De Lord Nelson:

Quando pensamos em Parlamento pensamos no Reino Unido - daí que o vídeo venha de lá! Quem dera a Sócrates ter um assistente assim para o ajudar nos momentos mais difíceis.

De Letícia, A Marquesa:

O Parlamento é como a vida: quando não se resolvem as coisas a bem, resolvem-se a mal... Ai como eu gostava de ver embrenhados numa luta semelhante o Portas e o Sócrates... Quem é que venceria? Aceitam-se apostas, Caríssimos!

video

De Madame Pompadour:

Haverão poucas coisas mais aborrecidas do que as longas discussões parlamentares que, na maioria das vezes, resolvem muito pouco. O que nos conforta o espírito, são os pequenos momentos de descompressão a que, os nossos estimados deputados e governantes, nos votam de vez em quando.



De Carlos Jorge Mendes:

Creio que este vídeo demonstra bem a promiscuidade juvenil e hormonal que vai na cabeça dos nossos deputados, que em vez de discutirem no Parlamento os problemas do País, debatem, por códigos nada subtis, aquilo que se verá.

video

Sem comentários: