A mais bela, a mais pura e a mais duradoura glória literária de prosa da blogosfera

.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Loiras ao Poder





Talvez o amigo leitor não saiba quem é a pessoa nesta foto. Se lhe disser que se chama Marine, provavelmente em nada o ajudo. Mas se lhe disser que tem por sobrenome Le Pen aí já se fará, decerto, luz. Com efeito esta loira de 42 anos, advogada (portanto legalmente loira) é filha de Monsieur Le Pen, líder carismático da extrema direita francesa e a sua mais provável sucessora.

No próximo congresso desta força política que terá lugar no próximo fim-de-semana, Marine Le Pen irá a votos contra Bruno Gollnisch, um integralista católico, à direita da direita.

Madame Le Pen sucederá assim a seu pai, Monsieur Jean-Marie Le Pen, e deve ser vista como uma força a ter em conta nas eleições presidenciais de 2012, por três motivos: primeiramente, as sondagens de intenção de voto para 2012 dão-lhe já à partida 14% dos votos (o que muitos candidatos presidenciais não presidenciáveis em Portugal gostariam); em segundo lugar, Marine tem um discurso menos liberal (economicamente, bem entendido) que o seu pai, o que, à direita populista em tempos de crise pode ser benéfico. Por fim, o seu discurso nacionalista e anti-muçulmano na amálgama multicural francesa, poderá muito bem captar votos de uma direita mais conservadora, desiludida com o normal desgaste da UMP de Sarko, no poder desde 2007.
Convém relembrar que a Front National é uma força política a ter em conta pois, no ano de 2002, foi o seu candidato (Le Pen) que disputou a segunda volta para as presidências contra Chirac.
A extrema-direita anda mais clean, com menos bafio a sacristia e mais amarela, claro está. Loiras ao Poder? A ver vamos…

E já que falamos de Marine, lembramo-nos disto:

2 comentários:

M. Pompadour disse...

LOL Que vídeo tão bem aplicado. xD

Lord Nelson disse...

Merci, madame :D