A mais bela, a mais pura e a mais duradoura glória literária de prosa da blogosfera

.

terça-feira, 30 de março de 2010

Um PEC de nervos




Já passava da meia-noite de sexta-feira quando se soube que o Dr. Passos Coelho tinha ganho as directas para o PSD. Porém, tão cedo como esta segunda-feira, o Dr. Carlos passa ao ataque, decerto intimidado com esta nova direcção, sentindo os "maus ventos" a chegar e temendo pela calma bucólica do seu belo governo socialista.
.
.
De facto o nosso caro doutor entende que uma oposição responsável deve deixar sempre passar um PEC proposto pelo Governo de forma a não criar ondas à tranquilíssima governação rosa. Quer-se portanto uma Oposição quieta e calada, mesmo que aquele governo recuse alterar uma vírgula ao texto que apresenta.
.
Situação prática – o Governo apresenta a proposta com pompa e circunstância; a Oposição pergunta – vamos negociar? O Governo, do alto dos seus ministérios diz – Calai-vos e votai! Nós não negociámos convosco que ministérios não possuís… E a Oposição, como besta selvagem assustada, mete o rabinho entre as pernas e lá vota como lhes mandaram aqueles senhores…
.
Se a acusação que o Dr. Carlos faz a Pedro Passos Coelho (que ao inviabilizar o PEC colocaria os seus interesses pessoais à frente do dos portugueses), ela também colhe quanto ao Sr. Eng. Técnico José Sócrates – pois ao recusar a negociação inviabilizaria qualquer acordo acerca do PEC. Preferia nenhum PEC a um negociado… Não se percebe grande diferença. Mais acresce que se Portugal vive uma situação difícil, mais culpas terá o Primeiro-Ministro – que já lá está no seu segundo mandato, já foi ministro e deputado – que o recém-eleito PPC, que nem deputado é. A lógica reside pois nesta equação: votem lá, não façam ondas. Se não votarem a culpa da crise é vossa. Se votarem a culpa também passa a ser vossa porque também votaram!
Também não se percebe porque só incomode ao Dr. Carlos a posição do PSD… O PCP disse mal e votou contra, o BE disse mal e votou contra, o CDS disse mal e votou contra. Mas só o PSD merece atenção… Será isto nervosismo?
Mas para o leitor formar posição esclarecida transcrevemos aqui as declarações de PPC acerca do PEC:
"Eu não ajudarei a viabilizar propostas de aumentos de impostos e portanto não me sinto vinculado a qualquer deliberação.” e “é possível reduzir o défice para três por cento sem recorrer ao aumento dos impostos e da carga fiscal”
Será que é por querer reduzir a despesa do Estado sem recorrer ao aumento de impostos (que hipocritamente dizem que não ocorrerá) que PPC vai lançar o caos em Portugal? Seria isto que nos levaria ao Juízo Final em plena Semana Santa? Cremos que não.
.
Ora o que se retira das últimas declarações do Dr. Passos Coelho é que vai forçar o Governo a negociar… Isso é mau? Isso é irresponsável? Isso é censurável? Pois claro que não. Por gentileza, veja o leitor esta notícia. Daqui retira-se uma promessa aos militantes e aos portugueses que a nova direcção do PSD estará atenta a todas as propostas do Governo… Isto é populismo? Demagogia?
.
Será que queremos a estabilidade assim a todo o custo, tornando-nos uns yes mens de um Governo descredibilizado, de um PM com uma honestidade que o comum dos portugueses questiona abertamente, rodeado de boys que só embaraços causam? Será que por tanto querer paz já nos contentamos com a paz do cemitério? Valerá a pena vergarmo-nos às prepotências do poder responsável pela crise interna para satisfazer as agências de rating? Ou valerá mais a nossa coerência e honestidade intelectual?

No entanto, e por absurdo, se considerarmos que o Governo está isento de culpa, e que esta pertence a quem está contra, destes quem terá mais culpa? Quem gostava de votar contra (como o Pedro Passos Coelho) ou quem votou mesmo contra (como o BE, o PCP ou o CDS) e que críticas neste blog não se conheceram?

Ora e para que não se diga que apenas andamos a reboque das declarações do Dr. Carlos, aqui deixamos um comunicado da Carbonara – Movimento para as Massas, certos que o leitor gostará de ver...



Esperando não levar uma falta disciplinar, com isto nos despedimos do leitor; até quinta-feira!

2 comentários:

Daniela disse...

LOL Olha...adorei o vídeo. Ah monarquicos malucos, e ouvem música revolucionária e td!
Qt ao texto, já não digo nada. Esperando não ser expulsa de qq coisa q neste momento n estou a ver: não gosto do sócas! E tenho dito, td o q puder chateá-lo eu gosto, gosto daquela veia a saltar-lhe da testa. :D

Lord Nelson disse...

"It's evolution baby!"